quarta-feira, março 09, 2016

Trabalho, evolução e prazer



Nossa, tô até tonta com tanta notícia bizarra, porém reais.
Então vou contar uma historinha real, porém legal.
Quando eu comecei a trabalhar na IDARON a gente falava com os produtores para classificar seu gado por idade, que isso era importante para eles poderem controlar melhor seu rebanho, as vacinações, as vendas e tudo mais. O que escutei muito foi: Ah, cê acha!?! Eu não sei nem a idade dos filho, vou saber das bezerra!?!

Passaram-se 14 anos (é, to quase aposentando já... ‪#‎SQN‬) e agora todo mundo (ou quase todo mundo), anota bem direitinho os nascimentos dos seus animais, cada um de um jeito, mas anotam. Parei para pensar nisso ontem e fiquei muito feliz.
Quanto a idade dos filhos, daí já não sei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário