sábado, dezembro 27, 2014

Copo, maracujá e um fusca.

Chutei um copo que estava no chão. O copinho começou a rodar, rodaar, rodaaar... até cair de vez, derramando tudo no chão.
Mas foi tão bacana ver o copo rodar igual a um peão, que achei que valeu a pena!
‪#‎soudessas‬


---------xx-----------xx----------------xx---------------xx-------------xx-----------
Maracujá atacado pelas lagartas

Meu maracujá, lá no jardim, tá comido pela metade. As lagartas pretinhas fizeram um banquete, comeram que se fartaram. Em compensação, agora, to andando em meio a borboletas!
As lagartas, após a farra no maracujá!

---------xx-----------xx----------------xx---------------xx-------------xx-----------
Vendo essa imagem aqui, lembrei de uma história dos meus pais:



Meus pais foram comemorar aniversário de casamento. Eles escollheram um restaurante novo, bem bacanudo da época. A gente sempre foi economicamente no limite, mas as vezes rolava uma extravagância. 
Minha mãe se preparou toda, magnífica! Estava assim: translumbrante! 
Meu pai, tranquilão, vestiu seu abrigo de moleton.
Pegaram o Zezinho, nosso fusquinha azul e partiram para o restaurante chique.
Chegando lá foram tratados a pão de ló. Por quê? Porque quem é que vai no restaurante chiquetérrimo, com uma mulher linda, de fusca, vestido de moleton? Só algum milionário excêntrico, né!?! 

Muahahahaha. Meus pais! :)

---------xx-----------xx----------------xx---------------xx-------------xx-----------



Nenhum comentário:

Postar um comentário